Press "Enter" to skip to content

Agia Sophia está fechada para obras de manutenção

O fechamento de Hagia Sophia em Istambul, para a realização de obras de manutenção, foi uma decisão do governo turco. O anúncio, agora oficializado, refere-se ao início das obras de manutenção, protecção sísmica e restauro do histórico local de culto cristão que, desde 2020, funciona como mesquita, conforme informado pelo correspondente da SKAI em Istambul, Manolis Kostidis, é tema de discussão na Turquia nas últimas horas.

Os projetos, pelo menos segundo os responsáveis ​​do Estado, deverão durar muitos anos, possivelmente «duas gerações», como afirma a notícia publicada pela Direção de Comunicação da presidência turca.

Ao mesmo tempo, colunistas islâmicos e pró-governo questionam se esta decisão é de fato uma manobra política que funciona como um disfarce para um possível encerramento definitivo do funcionamento da outrora igreja cristã, como mesquita numa possível tentativa de aproximação ao Ocidente.

Em todo o caso, o Ministro do Turismo da Turquia assegura o contrário.

A Unesco também expressou grande preocupação com o estado de Hagia Sophia desde que foi convertida novamente em mesquita em julho de 2020. Há cerca de um ano, solicitou às autoridades turcas competentes um relatório sobre o estado do monumento.

Hagia Sophia é vista pela organização como um símbolo global que passou de uma igreja bizantina a uma mesquita otomana e depois de um museu para se tornar uma mesquita novamente em julho de 2020. Na época, a organização expressou seu desapontamento e condenação da decisão turca.

A preocupação decorre do grande comparecimento de centenas de fiéis muçulmanos que chegam em determinados horários e caminham, descalços, sobre os tapetes turquesa espalhados que cobrem o piso de mármore cinza.

A eles se somam os inúmeros turistas que também entram na região geralmente em grupos com seus guias.

Com informações de Romfea.gr

Compartilhar

Be First to Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *