Press "Enter" to skip to content

Metropolita Ioannis de Pérgamo: TEOLOGIA ORTODOXA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XXI

Discurso proferido durante a recepção do Metropolita de Pérgamo como «Grande Colaborador» da Academia de Estudos Teológicos

(…) A teologia patrística deve sempre permanecer a base da teologia ortodoxa, porque os Padres realmente compreenderam os problemas existenciais do homem em toda a sua profundidade. Deste ponto de vista, não podemos ir além dos Padres. Mas, embora a essência da teologia patrística permaneça inalterada, pessoas de todas as épocas e culturas vivenciam seus problemas existenciais de maneira diferente. O dever da teologia ortodoxa é tentar constantemente responder à pergunta, não o que os Padres disseram em seu tempo (este é o trabalho dos historiadores), mas o que eles diriam hoje, se fossem confrontados com os problemas de um homem ocidental contemporâneo. Isso constituiria “traição” aos Padres? Pelo contrário. Seria uma traição, ao contrário, transformar os Padres em tesouros arqueológicos, que guardamos no museu, sem deixá-los falar a linguagem do nosso tempo (…)

Ioannis-Zizioulas

Compartilhar

Be First to Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *