Press "Enter" to skip to content

Mensagem de condolências do Patriarca Ecumênico Bartolomeu ao Papa Francisco pelo adormecimento em Cristo do Papa emérito Bento XVI

Santidade,

É com grande tristeza que, à medida que este ano chega ao fim e na expectativa de dar as boas-vindas ao Ano Novo, também nos despedimos de seu predecessor direto no Trono de São Pedro da Igreja Irmã de Roma. Apresentamos, portanto, a ti, querido Irmão, e a toda a Igreja Católica de Roma, as condolências da Santa e Grande Igreja de Constantinopla, seus hierarcas, e nossas condolências pessoais por esta perda.

Embora saibamos que nosso irmão, o Papa Bento XVI, sofreu nos últimos anos, reconhecemos que ele viveu uma vida plena, completa com dificuldades e inúmeras bênçãos. No entanto, suas contribuições memoráveis não apenas à Sua Igreja, mas também na academia – sendo um dos maiores teólogos do século XX – e na construção de pontes – evidenciada em seu compromisso com o diálogo, especialmente com a Igreja Ortodoxa – deixarão inegavelmente sua marca na história. Da mesma forma, recordamos com grande valor sua visita ao nosso Centro Sagrado aqui no Fanar, em 2006, e nossas inúmeras visitas a ele no Vaticano.

Mais uma vez, lembrando com carinho esta figura significativa, oramos ao «Deus de todo espírito e de toda carne, que venceu a morte, destruindo o poder do mal, concedendo vida ao mundo», para que conceda descanso eterno à sua alma, onde repousam os justos.

Descanse em paz!
Que a memória dele seja eterna!
Memória eterna!

No Patriarcado Ecumênico, aos 31 de dezembro de 2022.

Fraternalmente seu no Senhor,
✠ Bartolomeu
Arcebispo de Constantinopla-Nova Roma
e Patriarca Ecumênico

Compartilhar

Be First to Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *