A primeira aparição da Santa Cruz se deu ante o imperador Constantino o Grande, com um vitorioso emblema escrito: «Com este sinal vencerás». Logo houve outra aparição em Jerusalém, por volta do ano 346, sendo Patriarca, Kirilos e o Monarca, Constantino, filho de Constantino o Grande. Esta visão aconteceu em 7 de março; era a hora terceira quando, no céu, surgiu repentinamente o sinal da Gloriosa Cruz formada por uma luz brilhante sobre o monte Gólgota, alcançando até o monte das Oliveiras. Esta aparição causou grande admiração entre todos aqueles que se encontravam em Jerusalém. Jovens, mulheres e crianças correram alegremente às igrejas para agradecer e glorificar a Deus que os abençoou e lhes concedeu a Cruz como arma e escudo protetor contra o diabo.

Tradução e publicação neste site
com permissão de Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 

 
 

Pesquisar neste site

Web manager