São Jeremias, um dos grandes profetas de Deus, viveu no século VI antes de Cristo. Por causa de seus extensos e muitos escritos  ganhou o codinome de «Grande». Vivia em uma aldeia a poucos quilômetros de Jerusalém; era filho de Helkias da tribo de Levi, da cidade de Anatólia nas terras de Benjamin. Distinguia-se de todos, já em sua juventude. Certo dia, Deus mudou os planos de futuro sobre sua vida. Ele tentou resistir, a princípio, argumentando sua pouca idade e  seu problema de guagueira. Deus porém disse: «Não digas que és demasiadamente jovem ou que tens certa debilidade, porque eu irei contigo e te prestarei auxílio». Em tempos difíceis para pregar, durante muitos reinados, profetizou a destruição de Jerusalém. Por causa dessa profecia foi insultado, jogavam-lhe pedras e, por fim, foi expulso da cidade. O único reinado onde encontrou proteção, auxilio e ajuda para restabelecer a fé do povo eleito, os israelitas, no  Deus  Único foi na época  do rei Josias. Apesar de sua pouca idade, não  se constrangia em dizer a verdade a quem quer que fosse, nem media suas conseqüências. Muitos o resistiam, mas Jeremias, sabendo que a força de Deus estava consigo, expressava-se livremente e com firmeza. Muitos reis o encarceraram, o flagelaram, ameaçavam-no de morte constantemente e queimavam seus escritos. Deus não abandona ninguém que tenha fé e um dia lhe disse: «Sê forte como um diamante se não te acovardes. Se deixares levar pelo medo eu me afastarei de ti». Estas palavras o impulsionaram ainda mais a seguir pregando até seus últimos dias. Este grande profeta escreveu o livro das Profecias, que se divide em 51 capítulos, e o livro das Lamentações contendo 5 capítulos. São Jeremias é contato entre os  maiores profetas da Bíblia.

Tradução e publicação neste site
com permissão de
www.ortodoxia.org
Trad.: Pe. Pavlos Tamanini

Outras comemorações do dia:

  • Santa Maria de Mirabela, a nova mártir;
  • Santos Eutímio, Inácio e Acácio (+1814), monges mártires do Monte Atos;
  • Santo Hieromártir Macário, metropolita de Kiev (+1497);
  • São Gerásimo de Boldinsk, monge (+1554);
  • São Pafúncio de Borov, abade (+1478);
  • Santa Tamara, a Grande, rainha da Geórgia (+1213).
 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 

 
 

Pesquisar neste site

Web manager