Santa Glicéria era uma virgem cristã que sofreu o martírio em Heraclea na Propóntide no final do segundo século. Glicéria era a filha de um senador romano que viveu em Trajanópolis, na Trácia. A santa confessou abertamente sua fé cristã diante do prefeito Sabino. Este, ordenou aos soldados que a levassem e a obrigassem a oferecer sacrifícios no templo de Júpiter. Em vez de obedecer, Gliceria derrubou a estátua de ouro do deus, quebando-a. Os carrascos a penduraram pelos cabelos, espancando-a com barras de aço, mas Glicéria permaneceu incólume. Então, prenderam-na, privando-a de qualquer alimento. Um Anjo, porém, levava comida diariamente à Glicéria. A santa foi atirada num forno, mas, logo as chamas cessaram. Por último, os carrascos lhe arrancaram seus cabelos e a jogaram para as feras, mas Gliceria morreu antes que a tocasem. Em Heraclea uma magnífica igreja foi erguida em sua homenagem.

Tradução e publicação neste site
com permissão de Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André
 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager