Dimitrianos nasceu no povoado de Sika, em Chipre. Seu pai era um sacerdote altamente reverenciado no local. Ele se casou muito jovem, mas sua esposa morreu três meses depois e Dimitrianos tomou o hábito no monastério de Santo Antônio. Logo se tornou famoso por seu espírito piedoso e seu dom de cura. Após ser ordenado sacerdote foi eleito abade do monastério, governando-o com grande prudência e santidade. Quando a sede de Khytri (antiga Citerea, atual Kyrka) tornou-se vaga, Dimitrianos foi eleito seu bispo. O santo estava então com quase quarenta anos e não se sentia atraído pelas responsabilidades e ocupações do episcopado. Fugiu então e foi refugiar-se com um amigo chamado Paulo que o escondeu numa caverna. Mas em pouco tempo, Paulo, cheio de remorso, contou às autoridades onde se encontrava São Dimitrianos, que não teve escolha senão aceitar a consagração episcopal. O bispo Dimitrianos governou durante vinte e cinco anos aquela sede. Pouco antes de sua morte, os sarracenos devastaram a região levando como escravos muitos cristãos. Diz-se que São Dimitrianos seguiu os invasores e intercedeu junto a eles pelos prisioneiros. Os sarracenos, impressionados com a idade já avançado do bispo, sua coragem e desprendimento, devolveram a liberdade aos escravos. São Dimitrianos é um dos santos bispos mais conhecidos e venerados em Chipre.

Tradução e publicação neste site
com permissão de
Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager