Os Santos Anárgiros (que não aceitam dinheiro) eram irmãos e originários de Roma. Estudaram medicina, não como uma profissão lucrativa, mas como uma missão filantrópica. Estes santos não aceitavam dinheiro, de pobres ou ricos, como pagamento por seu trabalho. Mas dedicavam-se, preferencialmente, ao atendimento aos pobres, pois, como diziam, «uma cabana tem mais necessidades que um palácio». Mas, quando curavam algum rico enfermo e este insistia em lhes retribuir com algum dinheiro, os santos indicavam um pobre que estivesse enfermo para que o dinheiro fosse levado a ele. E Deus abençoava o ofício destes santos médicos com extraordinária e milagrosa força. Isso, no entanto, despertou à inveja de outros médicos, especialmente no próprio mestre deles, que os detestava por serem cristãos. Num certo dia, enquanto colhiam plantas medicinais, foram empurrados para um precipício e morreram no ano 284, sob os imperadores Carinus e Numerian.

Tradução e publicação nste site
com permissão de Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André

II

São Cosme e São Damião sofreram martírio em Ciro (na Síria), provavelmente durante a perseguição de Diocleciano, nos inícios do século IV. A data de 27 de Setembro corresponde provavelmente à dedicação da basílica que o papa Félix IV mandou construir em honra deles no Foro Romano; e é ainda meta mais de turistas que de devotos, pelo esplêndido mosaico que lhe decora a ábside. Sabemos que os dois irmãos curavam “todas as enfermidades, não só das pessoas, mas também dos animais”, fazendo tudo gratuitamente. Em grego são chamados de “anargiros”, isto é, sem dinheiro. Os dois irmãos foram colocados no paredão para que quatro soldados os atravessassem com setas, mas “os dardos voltavam para trás e feriam a muitos, porém os santos nada sofriam “. Foram obrigados a recorrer à espada para a decapitação, honra reservada só aos cidadãos romanos e somente assim os dois mártires, juntamente com outros três irmãos, puderam prestar seu testemunho a Cristo. Seus restos mortais, segundo consta, encontram-se em Ciro na Síria, repousando numa basílica a eles consagrada. Da Síria o seu culto alcançou Roma e dali se espalhou por toda a Igreja do Ocidente.

→ Leia mais sobre a vida e obra dos Santos Taumaturgos e Anárgiros Cosme e Damião AQUI.

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager