São Teodoro era natural da cidade de Evjait (na Ásia Menor, atualmente Turquia) e governava a cidade de Heracleia, próximo ao Mar Negro. Com uma vida piedosa e uma administração pública pautada pela bondade, conquistou os cidadãos e, vendo sua vida exemplar, muitos pagãos se convertiam à fé cristã. Quando rumores sobre sua vida chegaram ao imperador Licínio (208-323), que era co-regente de Constantino, este veio a Heracléia. Tratou logo de persuadir Teodoro a inclinar-se ante os ídolos, mas percebendo a firmeza de suas convicções, indignado ordenou que Teodoro fosse submetido a cruéis martírios. Primeiro, seu corpo foi estendido no chão e golpeado com barras de ferro; depois, riscaram seu corpo com ferro pontiagudo; queimavam-no com fogo e, finalmente, o crucificaram, arrancando fora seus olhos. Durante a noite apareceu-lhe um anjo que o retirou da cruz e lhe sarou todas as suas feridas.Quando, pela manhã, os servos de Licínio que tinham sido enviados para retirar seu corpo da cruz e jogá-lo ao mar, viram Teodoro completamente curado, creram em Cristo e, muitos outros pagão, presenciando este maravilhoso milagre, tornaram-se também cristãos. Ao tomar conhecimento do fato, Licínio ordenou que São Teodoro fosse Decapitado, o que aconteceu no ano 319. Seus martírios foram registrados por seu servo e escrivã Uar, que foi testemunha ocular de todos estes acontecimentos.

Tradução e publicação neste site
com permissão de: Ortodoxia.org
Trad.: Pe. André

 

Tags:

 

No comments

Be the first one to leave a comment.

Post a Comment


 
 
 

Pesquisar neste site

Web manager