PATRIARCADO  ECUMÊNICO 

COMUNICADO

Estando vacante o Instituto Ortodoxo Patriarca Atenágoras, em Berkeley, Califórnia, EUA, decorrente da eleição do então Diretor o Metropolita Dom Nikitas Dardanelos como Arcebispo de Tiatira e Grã-Bretanha, foi nomeado para a dita posição, o Metropolita de Buenos Aires, Dom Tarasios, como seu Diretor, sendo transferido concomitantemente para a Sacra Metrópole de Rodópolis.

Com a vacância da Sacra Metrópolis de Buenos Aires, foi eleito, hoje, por unanimidade, o até então Bispo Auxiliar Iosif de Pátara, de ascendência argentina.

 29 de novembro de 2019

 Secretaria do Patriarcado


Biografia de S.E.R. Dom IOSIF de Buenos Aires

O  recém-eleito Arcebispo Metropolitano, Dom Iosif de Buenos Aires, nasceu em 1976 em Córdoba, Argentina, onde completou seus estudos  do Ensino Médio e no ensino médio em 1994.

Em 1995, por iniciativa do então Arcebispo Cyril, Hierarca do Patriarcado de Antioquia,  foi transferido para a Síria para sua formação religiosa no Santo Mosteiro de São Jorge de Himmarros e, depois, para a Escola Teológica de São João de Damasco, em Damasco.

Em 1997, recebeu uma bolsa de estudos do Patriarcado Ecumênico para estudar Teologia na Faculdade de Estudos Pastorais da Universidade Aristóteles de Tessalônica (Grécia) onde se formou em 2002. Foi ordenado diácono em 1997, recebendo o nome de IOSIF. Sua ordenação sacerdotal  se deu no ano de 2000, pelo então Arcebispo Metropolita de Buenos Aires Genádios. No mesmo ano, ele foi transferido para a cidade de Freiburg, na Alemanha, sob a jurisdição do Arcebispo Metropolita Dom Augustinho que o nomeou chefe hierárquico da Santa Igreja de São João, o Teólogo.

Em 2002, mudou-se para Roma para prosseguir seus estudos de teologia na Universidade Católica de São Tomas de Aquino – Angelicum – onde se formou em 2003. No ano seguinte, recebeu seu Mestrado em Teologia Pastoral e Espiritual Católica, com uma tese de mestrado intitulada “A satisfação do arrependimento em São Tomás”.

Em 2005, completou seu mestrado na Escola Teológica da mencionada Universidade Pontifícia, apresentando uma tese intitulada “São João Damaskinos como a fonte da primeira parte do Summa Theologica de Tomás de Aquino”.

Em 2006, pos-graduaou-se pela Faculdade de Estudos Pastorais da Universidade Aristóteles de Tessalônica (Grécia).

Em 2006, por ordem do Patriarca Ecumênico, ele foi transferido para a Argentina.

Em fevereiro de 2007, por solicitação de Sua Santidade, foi promovido pelo Metropolitano de Buenos Aires Tarasios ao título de Arquimandrita e Chefe Hierárquico da Igreja de São Jorge, em Santiago, Chile.

Em 2008, mudou-se para sua cidade natal, Córdoba, e foi nomeado Chefe Hierárquico da Igreja de São João Batista e Comissário Hierárquico da das regiões Central e do Norte da Argentina.

Em 2010, ele foi transferido para Buenos Aires e assumiu a presidência da Santa Metrópole, enquanto foi nomeado chefe da Catedral da Dormição da Theotokos.

Em 2011, ele apresentou uma tese de doutorado na Universidade Católica de São Tomás de Aquino – Angelicum, sob o título: “Traços de Damasco no professor angélico. Uma abordagem interpretativa do uso de São João Damaskinos na Suma Teológica de Thomas de Aquino”, recebendo o  título de” Excelente “de Doutor em Teologia Católica. Em março de 2012, foi proclamado Doutor em Teologia pela Escola Teológica Aristotélica de Aristóteles.

Em 31 de maio de 2012, foi consagrado Bispo de Pátara, bispo assistente do Metropolitano de Buenos Aires e foi ordenado na Catedral da Dormição da Theotokos, em Buenos Aires, em 19 de agosto de 2012.

Foi membro de delegações e missões patriarcais nas Assembleias Gerais do Conselho Mundial de Igrejas e em várias outras congregações cristãs.

Na 3ª reunião da Assembleia dos Bispos Ortodoxos Canônicos da América do Sul, exerceu a função de Secretário.

 

 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Pesquisar

Arquivos