A família cristã e as soluções para os desafios que enfrenta são uma das principais preocupações da Igreja Ortodoxa de Antioquia em 2020. A decisão de dedicar este ano à família foi adotada na reunião sinodal de outubro de 2019, quando foi anunciada a redação de uma Carta Pastoral sobre esse assunto. A encíclica foi publicada recentemente em árabe.

As 52 páginas estão organizadas em cinco capítulos:

  1. Base teológica para o casamento cristão;
  2. Desafios contemporâneos da família;
  3. Problemas de ética da vida;
  4. O papel da família na vida da Igreja;
  5. Recomendações pastorais.

“Dirigimos esta carta pastoral a todos os filhos do Patriarcado de Antioquia, do país de origem, mas também da diáspora, buscando apoiar a todos, solteiros ou casados” (…)

(…) lê-se na introdução do documento em que são abordados aspectos como: doação de órgãos, convivência, homossexualidade, educação cristã etc. Ao enfatizar que “a família é o coração e o núcleo da sociedade e o pilar fundamental da vida cristã”, os hierarcas de Antioquia mostram que seu apoio “representa a principal preocupação da Igreja”. No documento do Patriarcado de Antioquia, menciona-se que “a manutenção da estabilidade familiar é uma das primeiras condições para resistir às diferentes crises econômicas”, razão pela qual a Igreja “afirma que seu esforço prioritário é direcionado em canalizar todas as energias e capacidades para sustentar a família”. A Igreja convida seus filhos a se engajar construtivamente nesse esforço de humanizar as sociedades e a justificar seus esforços. A Carta destaca as questões fundamentais da vida familiar e recomendam que cada diocese “ponha em prática as idéias apresentadas (…) de acordo com as circunstâncias e condições específicas da sociedade em que cumpre sua missão e age de acordo com as leis e regulamentos locais ”. A carta pastoral é intitulada “A Família – a alegria da vida”.

A missão de implementação cabe a todos nós, pastores e fiéis, pois todo crente é responsável pelos talentos e sabedoria que Deus concedeu.


Tradução do árabe: Pe. Gheorghe Costea
Fonte: Basilica.ro

Compartilhe isso:
 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Assine Ecclesia NEWS

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Pesquisar

Arquivos