17 agosto de 2015 – Ortodoxie.com — Pela sexta vez consecutiva, o Patriarca Ecumênico Bartolomeu I celebrou a festa da Dormição da Theotokos (Mãe de Deus) no antigo Monastério da Mãe de Deus de Soumela, na região do Ponto, Turquia. O monastério foi fundado no ano 386, pelo imperador Teodósio I. Em 1923, após a troca da população entre Grécia e Turquia, foi deixado ao abandono. O lugar abrigava um ícone chamado da Mãe de Deus de «Soumela» que foi transferido para um monastério situado na Grécia, próximo de Naoussa. Depois de ser saqueado e danificado, o antigo Monastério Soumela vem sendo restaurado, desdpatriarca-soumela 2012, pelo Governo turco. Em 2010, pela primeira vez, o Patriarca recebeu a aprovação das autoridades turcas para celebrar no monastério uma vez a cada ano, em 15 de agosto, dia da comemoração da Dormição da Theotokos. Este ano, Bartolomeu I, durante a celebração da liturgia que reuniu milhares de fiéis e na qual foi assistido por hierarcas do Patriarcado Ecumênico: o Metropolita Stefano, de Estônia, o Metropolita Gennadios da Itália, o Metropolita Basílio de Contantia (Igreja de Chipre). Bartolomeu I, sublinhou em sua homilia  a «repetição deste milagre» pelo sexto ano consecutivo «(…) neste dia cheio de luz, com lágrimas nos olhos e com dor no coração, mas também com a convicção de que a palavra de Deus é eficaz e salvífica». Esta é uma liturgia «de purificação e santificação da memória do passado e do presente», e por  uma futura «coexistência amistosa com os antigos e atuais amigos moradores deste lugar (Ponto). Em seguida, o Patriarca fez referência ao «silêncio ensurdecedor» da Mãe de Deus de Soumela em nossos dias», e rezou para que as paixões sejam suprimidas e a paz restaurada em todos os lugares onde crimes bárbaros acontecem, como no Oriente Médio e na Ucrânia, onde ainda persistem os confrontos «que já não deveria ter lugar entre os cristãos». Por fim, o Patriarca orou por aqueles que sofrem com a crise, não só econômica, mas também moral.  Estiveram presentes à Liturgia deste ano o embaixador grego em Ancara, Kyriakos Loukakis e o Cônsul Geral da Grécia em Istambul, Evangelos Sekeris.

 

Fotos: Amen

Compartilhe isso:
 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Assine Ecclesia NEWS

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Pesquisar

Arquivos