A entronização episcopal é a cerimônia pela qual um novo bispo diocesano ou arcebispo toma oficialmente posse de sua cátedra episcopal. Esta cerimônia marca o início de seu novo ministério espiritual pastoral-administrativo na jurisdição atribuída a ele pela Igreja.

Cada bispo-arcebispo diocesano está diretamente associado a uma cátedra episcopal ou arquiepiscopal. A cátedra é o lugar central do “synthronon“, localizado atrás do altar, e que só o prelado titular da mesma tem o direito de ocupar em cada divina liturgia hierárquica, simbolizando assim, com todo o presbitério, a unidade e a plenitude da Igreja. A cátedra arquiepiscopal também está associada à Igreja que a compreende. É por isso que as cerimônias de entronização, de tomada de posse da cátedra e da Igreja em que esta se encontra, são necessariamente realizadas na Sede Catedralícia da jurisdição em questão.

Logo após a eleição de um prelado, realiza-se no Patriarcado a aceitação oficial da eleição através dos ritos da Pequena e Grande Mensagem diante do Patriarca e do Santo Sínodo. O Patriarca então ordena que se realize em tempo e forma a tomada de posse do prelado, delegando representação a um dos arcebispos metropolitanos ativos, que atuará nos atos oficiais como seu representante plenipotenciário. Este hierarca, com as respectivas ordens e credenciais patriarcais, será quem introduz nas funções -“entroniza”-, em nome do Patriarca e do Santo Sínodo, o novo hierarca diocesano em sua sede.

A Tradição Ortodoxa helênica prevê dois atos simbólicos para este evento: na manhã de sábado, geralmente, o serviço propriamente dito de entronização, durante o qual o novo hierarca diocesano é conduzido pelo legado patriarcal ao trono que está situado na nave da Igreja, e simbolicamente lhe entrega o báculo pastoral. Nesta cerimônia doxológica tanto o legado patriarcal quanto o novo arcebispo tomam a palavra. Também é feita em público a leitura da “Carta de Instalação” do novo arcebispo assinada pelo Patriarca e pelos os membros eleitores do Santo Sínodo.

Texto na íntegra na Biblioteca de Liturgia do Portal

Compartilhe isso:
 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Assine Ecclesia NEWS

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Pesquisar

Arquivos