Em sua homilia na Catedral de Cristo Salvador, no domingo 29 de março, o Patriarca Cirilo de Moscou convocou os fiéis a rezar em casa e não nas igrejas, a fim de se protegerem, nestes dias de pandemia do coronavírus.

“Eu vos exorto, meus queridos, a que nos próximos dias, até que haja uma bênção patriarcal especial, abster-se de ir às igrejas, e se algo lhe for contrário, lembre-se do exemplo de Maria do Egito”.

O primaz reconheceu que tal decisão não foi fácil para ele:

“Há 51 anos venho pregando em minha catedral, exortando as pessoas a irem à igreja, a superar a inclinação de sua má vontade e as circunstâncias externas. Dediquei minha vida inteira a isso, e espero que entendam o quanto é difícil para mim dizer hoje: ‘Abstenha-se de ir às igrejas’!

Disse o patriarca, acrescentando que Santa Maria, a egípcia, o havia inspirado a dar esse passo. De fato, hoje em dia ela é celebrada pela Igreja como uma grande asceta. “Durante sua vida terrena, ela adotou uma natureza angelical”, e realizou a salvação de seu corpo e alma longe dos monastérios e das igrejas, em um deserto distante, ou seja, em solidão .

“Ela salvou a alma e deu força ao corpo para sobreviver em condições incrivelmente difíceis, tantos anos quanto o Senhor lhe deu.” “Por meio de suas orações, que o Senhor proteja a todos nós de infecções, doenças; mas, e isso é o principal, que ela nos ajude, por seu exemplo de isolamento, a tomar consciência da importância da solidão em nossos ‘desertos’ pessoais, em nossos apartamentos. Vamos praticar um pouco o ascetismo de Maria do Egito, a fim de preservar-nos, a nós mesmos, nossas famílias e entes queridos, e talvez experimentemos a façanha desta grande asceta que passou a maior parte de sua vida vivendo em solidão, porque acreditou no Senhor e ouviu a Sua voz. Acreditemos que hoje o Senhor nos chama a seguir todos no seu caminho, mesmo nas condições das megalópoles contemporâneas”.

E enfatiza ainda o Patriarca.

A Igreja hoje conclama, ‘antes que hajam vítimas em nossas famílias’, para que observem estritamente nessas circunstâncias as prescrições propostas pelas autoridades de saúde na Rússia.


Com informações do site: Orthodoxie.com | 
do correspondente da agência Interfax,

Compartilhe isso:
 
 

1 comentário

  1. Pedro disse:

    Parabéns pela divulgação das palavras do patriarca russo.

Postar um comentário


 
 
 

Pesquisar

Arquivos