Protocolo no. 35

6 de agosto de 1998

Reverendíssimos Vigários e honoráveis Conselhos Administrativos das Igrejas e Comunidades Gregas Ortodoxas, das Ligas Filantrópicas, dos Institutos Educativos, das Juventudes e Organizações da Metropolia.

Queridos Filhos e Irmãos em Cristo:

A graça e o amor de Deus nos faz dignos festejar novamente a Grã festa da Dormição de Nossa Senhora, e com hinos e súplicas pedir o amor materno, a intermediação e a proteção da Puríssima Mãe de Deus e Nosso Salvador.

O motivo da festa, e seguindo os Santos Padres da Igreja e especialmente São João Damasceno, tentaremos descrever brevemente o significado da hinologia eclesiástica e as mensagens da Dormição e Assunção de Nossa Senhora.

Nossa Senhora, depois de muita oração e preparação dormiu e foi sepultada pelos Santos Apóstolos que reuniram-se dos confins do mundo na aldeia de Getsemani. Dentro do túmulo Ela mudou de veste. E a mudança que o Apóstolo Paulo falou, “Com efeito, é necessário que este ser corruptível revista a incorruptibilidade e que este ser mortal revista. a imortalidade”. (I Coríntios 1, 53). Esta mudança ocorrera a todos os cristãos no dia da ressurreição comum. Em Nossa Senhora esta mudança foi realizada durante os três dias que permaneceu no túmulo. Ela tirou a veste da corruptibilidade que tem cada ser humano, ou seja o corpo humano e se revestiu das vestes da incorruptibilidade.

Mas, por que não permaneceu o corpo humano de Nossa Senhora até a ressurreição comum como acontece com todos os seres humanos?

Mas, por que perguntamos só sobre este caso e não perguntamos também como Ela dando a luz a Cristo sem a união com o homem permaneceu virgem?

Em nestas duas perguntas, e noutras mais, o pensamento humano não pode dar respostas, porque trata-se de mistérios. E os mistérios acontecem só quando se ultrapassa as leis naturais. “Foram vencidas as leis da natureza em Ti, ó Virgem Imaculada, destes a luz e permanecestes virgem, tua morte anuncia a vida, Tu que permaneceste virgem depois de dar a luz, e depois de sua morte, permaneceste viva”. Canta o compositor da Igreja.

Mãs poderíamos propor outra pergunta: Era necessário que Nossa Senhora conhecesse a morte? Não poderia Cristo leva-la  consigo, sem ser sepultada? Nossa Senhora tinha sua origem em Adão e Eva, e tinha que pagar o imposto da desobediência, como todos os homens. Este imposto é a morte, mas como era ao mesmo tempo a Mãe de Deus Vivo, se lhe deu em seguida a vida incorruptível. Os corpos dos homens se consumem após a morte. Só o Corpo de Cristo Deus e Homem e da Mãe de Deus Maria, não foram corrompidos, porque o Cristo era por natureza sem pecado, e a Mãe de Deus era por graça sem pecado.

A antiga Eva, foi encolhida pela morte, porque obedeceu ao diabo. A nova Eva, Nossa Senhora, não foi corrompida pela morte porque obedeceu nas palavras do Anjo, que lhe transmitiu a bondade do Pai. A festa da Dormição de Nossa Senhora, nos traz duas mensagens:

A Primeira mensagem nos diz:

Diante de nós existe a morte, mas não temos que ter medo. O Cristo anulou a morte tornando-a em dormição, não choram para os mortos que viveram em Cristo, estão dormindo corporalmente, mas espiritualmente vivem nos céus e entre nós.

A Segunda mensagem nos diz:

Que Nossa Senhora, esta perto de Deus, é a nossa Intercessora, escuta nossas orações e súplicas e intercede por nós, esta perto de nós como Mãe adotiva, mas perto também de Cristo como Mãe legítima de Deus.

Vamos rezar hoje, queridos, e dirigir uma oração fervorosa a Ela: Nossa Doce Senhora, interceda pela paz do mundo, pela igreja, pela nossa Pátria, pelas nossas famílias e pelos nossos filhos, e roga a Deus e seu Filho para que nos proteja de cada perigo, de enfermidades, fome, terremotos, incêndios, inundações e guerras.

Com votos Paternos e amor em Cristo,

✠ Gennádios
Metropolita de Buenos Aires

Compartilhe isso:
 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Assine Ecclesia NEWS

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Pesquisar

Arquivos