O Arcebispo da América (Patriarcado Ecumênico), Dom Elpidoforo, enviou a seguinte encíclica, datada de 18 de julho de 2019, à comunidade grega da América, sobre o problema de Chipre:

Queridos irmãos e irmãs em Cristo

Como muitos de vocês sabem, este dia (18 de julho) marca um evento muito importante na história dos gregos e da diáspora grega (Omogeneia). A invasão do exército turco em Chipre há 45 anos, o consequente deslocamento de seus habitantes, que se tornaram refugiados em sua própria pátria, e a forçada divisão da ilha, permanecem até agora uma terrível injustiça. Não podemos esquecer que a Igreja de Chipre foi fundada pelos Apóstolos Paulo, Barnabé e Marcos Evangelista, e que é uma Igreja que recebeu o status de autocefalia por decisão de um Concílio Ecumênico (Éfeso, 431). Esta ilha, cujo povo, com uma história de mais de dez mil anos, sofreu muito ao longo dos séculos, enfrentando todos os tipos de provações e tribulações. Somos chamados a rezar, não apenas como irmãos e irmãs ortodoxos, mas também como seres humanos, por justiça e por uma pronta solução para Chipre. Violência só gera violência, e os poderes e estados que estão para além das águas de Chipre devem negociar com esse país, e não interferir. Apenas os cipriotas podem alcançar a paz. Neste dia, quando lamentamos as vidas perdidas, a destruição de monumentos e a violência, que jamais poderá ser solução para a família humana, além de nossas orações, celebramos com honra a memória daqueles que descansam em paz. Juntemo-nos aos que podem ajudar e incentivar nossos parceiros confiáveis ​​a encontrar soluções. Como americanos, podemos fazer muito mais através do nosso governo. Chipre é uma questão moral para todo homem, mas muito mais para nós, que compartilhamos a mesma fé e, além disso, o mesmo sangue nos une aos irmãos cipriotas. Que Deus providencie uma solução rápida e justa para todos os cipriotas e lhes conceda esperança, justiça e a re-união nacional, o que leva à paz e prosperidade para todos.

Com amor paterno, no Senhor Jesus Cristo,

Elpidoforo
Arcebispo da América

 
 

1 comentário

  1. ROMEU MUNIZ disse:

    A América para os americanos e CHIPRE para os cipriótas. A situação de esbulho a que estão submetidos os cipriotas é uma vergonha para os esbulhadores.

Postar um comentário


 
 
 

Pesquisar

Arquivos