Após o Patriarcado de Constantinopla decidir dissolver seu Exarcado de paróquias russas na Europa Ocidental, o Patriarcado de Moscou lembrou a essas paróquias que elas poderiam mudar para sua jurisdição. “Quinze anos atrás, na primavera de 2003, o falecido Patriarca Alexis II propôs a todos os bispos e paróquias ortodoxas da tradição russa na Europa Ocidental que se unissem como parte do distrito metropolitano autônomo da Igreja Russa. “É possível que o tempo tenha chegado novamente para que esta chamada seja reconsiderada, já que não havia sido atendida por todos à época”, disse nesta quarta-feira o Arcipreste Nikolay Balashov, vice-chefe do Departamento de Relações Eclesiásticas Externas do Patriarcado de Moscou, à Interfax. “A julgar pela recente decisão da paróquia russa em Florença, as condições para isso estão amadurecendo”, disse ele, referindo-se à recente mudança da paróquia da Igreja da Natividade de Cristo e São Nicolau, o Taumaturgo, para a jurisdição da Igreja Russa no exterior. […]

O exarcado russo data de 1921, quando o Patriarca Tikhon de Moscou e toda a Rússia nomeou o Metropolita Evlogy, com sede em Paris, como o representante oficial da Igreja Russa na Europa Ocidental. Em 1927, o Sínodo de Karlovici da Igreja Ortodoxa Russa fora da Rússia proibiu Evlogy de cumprir seus deveres e rompeu a comunhão litúrgica com ele, o que levou os emigrantes russos a se dividirem entre os leais ao Sínodo e os leais ao Patriarcado de Moscou. Em 1931, o Metropolita Evlogy, desejando evitar a pressão das autoridades soviéticas para assinar “um penhor de lealdade”, mudou temporariamente para a jurisdição do Patriarcado de Constantinopla, mas, menos de um ano antes de sua morte, foi novamente aceito na jurisdição de a Igreja Ortodoxa Russa pelo Patriarca Alexis II de Moscou e Toda a Rússia. No entanto, a maioria do clero e leigos, liderados pelo novo metropolita, decidiu permanecer sob a jurisdição de Constantinopla. Atualmente, o exarcado consiste de 65 paróquias, 11 igrejas em atividade, dois mosteiros e sete sketes na Bélgica, Dinamarca, Alemanha, França, Itália, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia e Reino Unido. Tem mais de 100 sacerdotes e 30 diáconos.


Com Informações de Interfax Religion
Foto: Orthodoxie.com

 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 

 
 

Assine nossa Newsletter

Pesquisar

Arquivos