Igreja ortodoxa búlgara de Santo Estêvão de Constantinopla

Atendendo a convite do Conselho Paroquial da comunidade búlgara de Constantinopla, S. S. Bartolomeu I, Patriarca Ecumênico, realizou em 7 de janeiro último, a Grande Bênção das Águas na igreja ortodoxa búlgara de Santo Estêvão. A «igreja de ferro«, como ficou conhecida, está localizada no distrito do Phanar, e foi completamente restaurada com recursos dos governos turco e búlgaro. O Patriarca Bartolomeu foi assistido pelo Patriarca Neofit da Bulgária. Estavam presentes à cerimônia os metropolitas Gabriel de Lovetch, Nahum de Rousse, Cipriano de Stara Zagora, membros do Santo Sínodo da Igreja Ortodoxa Búlgara, Boïko Borissov, Primeiro-Ministro búlgaro, bem como muitos outros oficiais de Sofia, além de fiéis da comunidade ortodoxa búlgara de Constantinopla. A delegação do Patriarcado Ecumênico foi composta pelos metropolitas Stefânio, de Kallioupolis e Madytos e Amphiloque de Adrianopolis. No final do Ofício da Bênção das Águas, o Patriarca Bartolomeu falou sobre as relações históricas entre as Igrejas de Constantinopla e Bulgária, situadas no distrito de Phanar, que é também a sede do Patriarcado Ecumênico, expressando sua gratidão a todos os que contribuíram na restauração da igreja de Santo Estêvão. Por sua vez, o Patriarca Neofit da Bulgária agradeceu aos que trabalharam na restauração e aos que contribuíram com recursos aplicados na obra. Ainda durante a cerimônia que se seguiu no pátio da igreja, Recep Tayyip Erdoğan, que havia chegado nesse ínterim, dirigiu mensagem aos presentes, assim como o primeiro-ministro turco Binali Yıldırım, o primeiro-ministro Boyko Borisov e Basil Liaze, presidente do conselho paroquial. A Igreja de Santo Estêvão é uma das poucas igrejas no mundo construídas de ferro. O arquiteto foi Hovsep Aznavur. As peças de ferro foram produzidas pela empresa Wagner em Viena, entre 1893 e 1895. A igreja é única, tanto em termos de arquitetura como no papel que desempenhou na história nacional búlgara. O templo foi erguido no tempo do exarca Joseph, que dirigiu os assuntos eclesiásticos búlgaros de 1877 a 1915. Muitos detalhes sobre a história e a construção desta igreja pode-se encontrar aqui.


FONTE: Orthodoxie.com

 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Assine nossa Newsletter

Pesquisar

Arquivos