O Patriarca Cirilo chegou a Bucareste na quinta-feira para uma visita não oficial de três dias

Um  relicário de prata com relíquias de São Serafim de Sarov, uma das figuras religiosas mais veneradas da Rússia, para selar a amizade do Patriarca ortodoxo russo Cirilo pelo homólogo romeno, o patriarca Daniel. Uma oferta na visita inédita à Romênia de um chefe da Igreja Ortodoxa Russa desde o fim do comunismo. O Patriarca Cirilo chegou a Bucareste na quinta-feira.

“Os valores ortodoxos dos romenos são os mesmos para a Romênia, para os russos, para a Rússia e outros crentes ortodoxos. Isso significa que existe um potencial extraordinário para a paz, cooperação e interação”, declarou o Patriarca.

A visita não é oficial, mas o convite do Patriarca Daniel permite ao homólogo russo celebrar o dia de S. Demétrio, o protetor de Bucareste, e também os 10 anos da nomeação do Patriarca Daniel para chefe da Igreja Ortodoxa Romena.

“A igreja russa é como a nossa e a cristandade torna-se mais forte com a união das igrejas”, diz uma crente. “Quero que as coisas fiquem melhores para nós, os mais velhos, os reformados, porque somos velhos e estamos a rezar a Deus para nos dar saúde e paz no mundo, toda a gente deve ser saudável”, refere uma outra senhora. “É extraordinário, eu sinto que o amo, é uma grande alegria”, confessa um homem.

O Patriarca Daniel agradeceu a presença e a oferta do Patriarca russo e explicou ser um momento importante para as igrejas ortodoxas de todo o mundo.

Milhares de pessoas participaram nas cerimônias na Catedral Patriarcal de Bucareste.

FONTE: EuroNews



 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Assine nossa Newsletter

Pesquisar

Arquivos