26 de junho de 2017 — Um documentário sobre a escola eclesiástica athonita «Athonias» foi premiado no Festival de Documentários em Atenas, disputando com 287 outros concorrentes. O filme conta a história de um jovem estudante em Athonias. A forma como dedicava sua vida a Deus é apresentada como uma espécie de subida até o cume do Monte Athos. As tomadas mostram perspectivas singulares da vida athonita, o estudo em Athonias, a natureza exuberante do Monte Athos,  um contexto recheado de pensamentos piedosos e citações das Sagradas Escrituras, permitindo ao espectador uma experiência de mergulho na vida de estudos e oração de Athonias. Este filme pode ser visto aqui em grego, estando também disponível em russo e romeno. «Athonias», um seminário para jovens, foi fundada em 1748 por iniciativa do Patriarca de Constantinopla Cyril V. O primeiro reitor foi Eugène Voulgaris, professor de filosofia, mais tarde arcebispo de Korsun. Nesta escola também ensinou São Cosme de Aetolia e Santo Atanásio de Paros. A escola tinha 170 quartos, uma sala de jantar, uma igreja, uma biblioteca e uma grande sala. Depois de 1809 a escola foi fechada. Em 1844, um novo «Athonias» foi inaugurado em Karyes. Em meados do século XX «Athonias» mudou-se para a sua atual localização, na ala oeste do skete de Santo André, em Karyes (capital de Monte Athos). Além das disciplinas do currículo em vigor na Grécia, a escola oferece teologia, música litúrgica e iconografia. Vale ressaltar que a escola reúne jovens estudantes da Grécia e Chipre, além de alguns russos, romenos, albaneses e de outras nacionalidades.


Fonte: Prasvolavie.ru

 

 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 
 
 

Assine nossa Newsletter

Pesquisar

Arquivos