Santos Cirilo e Metódio

Santos Cirilo e Metódio

O Minéon do mês de maio registra a festa dos dois irmãos neste dia 11. Essa data é importante, especialmente para os povos eslavos. Mas, sendo o costume ainda bastante difundido no Oriente de usar para a liturgia o Calendário Juliano, atrasado 13 dias em relação ao gregoriano – mais conhecido e adotado universalmente, tal data, na realidade, vem a coincidir com o nosso 24 de maio. É uma data já arraigada na consciência popular ao ponto que, mesmo naquelas regiões em que foi adotado oficialmente o calendário do «novo estilo», os fiéis bizantinos preferem manter a antiga data do 24 de maio. É possível avaliar quanto temos afirmado acima ao constatar o afluxo das muitas delegações (por exemplo, as da Bulgária) que, para honrar os «Mestres dos Eslavos» a cada ano, nesse dia, se dirigem à basílica de São Clemente em Roma onde se conservam as relíquias dos santos Cirilo e Metódio. A herança cultural deixada por eles é, de fato, ampla e reconhecida ao ponto que, em alguns países balcânicos, enquanto 25 de dezembro é um dia de trabalho, o aniversário dos dois santos é também festa civil, portanto feriado.  Com insistência os textos litúrgicos convidam a celebrar os irmãos «iluminadores» dos povos eslavos, salvos com a luz da Trindade e de Cristo, «fontes do conhecimento divino, mediante as Escrituras» traduzidas por eles e que ainda hoje «estando na presença de Deus fervorosamente intercedem» por aqueles que os invocam:

Tropário da Festa (4º tom)

Iguais-aos-apóstolos na sua conduta e doutores dos países Eslavos, divinos Cirilo e Metódio, rogai ao Mestre do Universo que consolide os povos Eslavos na fé ortodoxa e na concórdia, e conceda a paz ao mundo e às nossas almas a sua grande misericórdia».

Acesse o Suplemento Litúrgico desta festa AQUI

 
 

0 comentários

Seja o primeiro a deixar um comentário.

Postar um comentário


 

 
 

Assine nossa Newsletter

Pesquisar

Arquivos